quinta-feira, 28 de maio de 2009

Bamberg Alt bier

Embora a Alemanha seja conhecida pela suas lagers, o estilo é relativamente recente, surgido no final do século XIX com o avanço tecnológico (invento da refrigeração, descoberta da levedura, métodos de malteação etc.). A história da cerveja naquele país, porém, já tem pelo menos há 3000 anos. Dentro desse período, mas num passado não tão distante, cervejarias alemãs também de destacaram na produção de uma ale, a altbier.

A região do Rio Reno, mais especificamente, nas redondezas de Dusseldorf e Colônia, manteve-se produzindo cervejas alt. O nome significa “antigo” ou “velho” em alemão, mas refere-se ao método de produção da bebida, a alta fermentação. Este processo foi utilizado pra fabricar cervejas desde o começo da história cervejeira moderna. Claro que, hoje os ingredientes, metodologia e equipamentos evoluíram. Mas a Altbier ainda é um pouco da história viva, não nos museus, mas dentro do nosso copo.

Quem visita Dusseldorf e pede ao garçom “Ein Bier, bitte”, certamente vai tomar uma Altbier. O estilo é conhecido por misturar características de alta e baixa fermentação. Isso acontece porque a cerveja é fermentada no limite inferior da temperatura dos fermentos de alta fermentação, além de ser maturada por um longo período, como as lagers.

Hoje em dia, o estilo está bem próximo da extinção. Fabrica-se Alt na região de Dusseldorf e em algumas microcervejarias espalhadas pelo mundo. No Brasil, a Bamberg é a única a manter a tradição de produzir uma altbier. Nesta quarta-feira, fizemos o lançamento da Bamberg Altbier 2009 na Forneria Melograno. Ela foi apresentada em jantar harmonizado, elaborado pelo gastrônomo e especialista em cervejas Edu Passarelli.

Na entrada foram servidos queijos parmesão e azul. O prato principal foram paninis de mini-almôndegas com queijo gruyère. Para fechar a degustação, um gateau de chocolate com pimenta na sobremesa. Tudo acompanhado pela Alt em versão chope e não-filtrada, mantendo todas as características da levedura utilizada na produção. Em breve, a Alt deve ser lançada em versão long neck, filtrada.








Bamberg Altbier


Visual: Coloração acobreada, cristalina, boa formação de espuma.
Aroma: Frutas vermelhas, caramelo, biscoito;
Sabor: Amargor do lúpulo marcante, frutas vermelhas, pão, caramelo, frutas secas, final seco;
Sensação na boca: Corpo médio, baixa carbonatação.
Impressão geral: Uma cerveja complexa, porém fácil de beber, a lupulagem pede o próximo gole.

A cerveja é sazonal, ou seja, quando acabar, só em 2010. A temperatura ideal para que ela seja servida varia entre 6º C a 8ºC.
A Alt harmoniza com pratos gordurosos, bem temperados, como carnes vermelhas, porco etc.

Ficou com água na boca? Quer encomendar já sua Altbier? É só escrever para : contato@cervejariabamberg.com.br. A caixa com 12 garrafas deve custar R$ 60,00.

8 comentários:

cacello disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
cacello disse...

oi Pessoal, gostaria de saber qual o amargor normal de uma Alt Bier, por comparação quanto seria da Alt 2009 (IBU), se puderem responder, obrigado!

Rodrigo Brasil disse...

Alexandre, parabéns pelo lançamento da Alt! Vou visitar a Brasil Brau pela Acerva Paulista, vi que vai ter um stand da Bamberg, nos vemos la!

Ah, a stout está no primming, logo marcamos um dia pra levar uma garrafa ai!

Abraço

Rodrigo Brasil
http://cervejamcduff.blogspot.com/

Alexandre Bazzo disse...

Cacello

O BJCP recomenda 35IBU a 50IBU, a Bamberg Alt 2008 tinha 30IBU e a Alt 2009 esta com 45IBU, vc chegou experimentá-la? Achou muito amarga ou posso aumentar um pouco mais para a 2010?

Abraço

Alexandre Bazzo disse...

Rodrigo

Estaremos tb na Brasil Brau, vai ser muito legal.

Eu vi no seu blog sobre a Stout, será um prazer em degustá-la

Abraço

cacello disse...

Oi Alexandre,
Bem a Alt 2009 ainda não provei estou ansioso.
Sou daqui do Rio e por enquanto ainda não as achei no mercado.
Agora a Alt 2008 eu provei algumas quando estive em São Paulo ano passado e gostei muito! Achei muito boa, uma boa presença de malte e um aroma bem interessante.
Estou ansioso pela versão 2009 devido a este amargor maior.
Também sou cervejeiro caseiro e a minha última leva foi uma tentativa de Alt Bier com 44 de IBU. No início, não era muito chegado no amargor, mas com algumas garrafas desta minha leva aprendi a apreciá-lo, e por isso estou a espera da Alt 2009 de voces para a degustação e aprender mais deste estilo para futuras levas em casa.

abraços,

Carlo Marcello

Alexandre Bazzo disse...

Carlo

Espero que a Alt chegue o mais rápido possivel aí no Rio para vcs provarem-a.
Que legal que vc é cervejeiro caseiro, no Rio temos a Acerva Carioca que promoveu uma revolução no cenário de cervejas caseiras no Brasil nos últimos anos, provavelmente vc faz parte dela, mas se não faz vale a pena pesquisar sobre eles.

Abraço

cacello disse...

Alexandre,

Eu conheço o pessoal, já fui em alguns encontros, participei do concurso ano passado, mas não faço parte do grupo ainda não. Não estou com tempo para participar do grupo, então preferi não entrar, mas quero sim fazer parte..
abç,

Carlo Marcello