domingo, 16 de janeiro de 2011

Macarrão e Bamberg Munchen.

Demorei pra escrever porque tava um pouco desanimado com o caminho que a cerveja vem tomando no Brasil, mas é melhor tocar o barco, vou falar sobre harmonização de macarrão com Bamberg München.


Mas antes gostaria de dedicar este post a dois amigos, Edu, uma cara que como muitos de nós começou do zero no que diz respeito a cerveja, mas estudou e trabalhou muito e hoje é uma das pessoas que mais entende de harmonizações com cerveja e carta de cerveja, o outro é o Bob, sou fã dele, posso resumi-lo em profissionalismo e ética, ninguém escreve tão bem sobre cerveja como ele no Brasil.

Precisamos de mais pessoas como vocês no nosso meio cervejeiro.

Bom, vamos ao assunto principal.

Almoço de domingo em casa de descendentes de italiano não pode faltar macarrão, uma bela opção de harmonização é a Bamberg München, cerveja esta do estilo dunkel, tem uma boa presença de malte, aparecendo na forma de caramelo, toffee, casca de pão torrada, mas também há uma presença de lúpulo pra equilibrar a doçura do malte.

Hoje fizemos uma macarronada com molho de tomate com alho-poro, alho e manjericão, pra acompanhar cordeiro assado.

A base de malte da cerveja conseguiu cortar a acidez do molho, além disso, tanto o malte como o lúpulo, foram bem com o cordeiro, a harmonização ficou perfeita.

O cordeiro foi feito pela minha mãe, o macarrão e a cerveja fui eu quem fiz, as fotos e as apresentações do prato é do meu pai.

10 comentários:

Eduardo Sampaio DuzBier disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Eduardo Sampaio DuzBier disse...

Um belo de um almoço de domingo, Alexandre!

Abraço

http://duzbier.blogspot.com/

João Gabriel Margutti Amstalden disse...

Deu água na boca Bazzo. Agora, fiquei curioso sobre o que voce tem a dizer sobre o rumo que a cerveja vem tomando no Brasil.

Grande Abraço

christiano disse...

Muito boa esta receita, da proxima vez me convide para esta degustação, pois sou apreciador de cerveja artesanal......

Carlos Oliveira A disse...

Mammmaaaa Mia !!!

Monich disse...

Alexandre, isso é judiaria.
Realmente o visual do prato está muito bom, mas o olho puxou direto para o visual da caneca. Está D+.
Deu fome e sede agora.
Parabéns e boas cervejas sempre!

Alexandre Bamberg disse...

Monich,

Não tenho a mínima noção de como apresentar um prato, mas a comida ficou boa, a cerveja tb, mas essa sou suspeito em falar heheheh.

Abraço

Carlos, Christiano, João e Eduardo, obrigado por terem enviado seus comentários

Abraço.

Renato Todorov disse...

Alexandre,

Lembrando aqui também do Maurício Beltramelli, outro VERDADEIRO estudioso, um dos caras que mais contribui e contribuiu para a evolução do nosso cenário e que leva a cerveja realmente a sério no Brasil, com bom humor, o que é fundamental. Sem contar a simpatia do figura, dentro ou fora do bar do qual é proprietário. Exemplo de modéstia e humildade a ser seguido por muitos.

Abração!

Renato Todorov

Alexandre Bamberg disse...

Renato

Concordo Mauricião é um dos nossos, mas aí no post só quiz homenagear dois amigos, tem muito mais gente legal no mundo cervejeiro.

Abraço

Edu Passarelli disse...

Grande Ale,

Ficou muito feliz em ler seu comentário sobre mim! Valeu mesmo!

Estamos juntos!

Abração