segunda-feira, 2 de abril de 2012

Agora é a vez da Maibock, outro lançamento da Bamberg


Muita gente confunde a palavra bock com a cor da cerveja, porém ela esta relacionada com o extrato original do mosto (OG), ou a grosso modo, com o teor alcoólico. O estilo Bock requer uma cerveja com teor alcoólico entre 6 e 8%, acima disso usamos o prefixo Doppel.
Dentro da família bock temos vários tipos de cervejas, nós fabricamos a Doppelbock, Weizenbock Dunkel e Weizenbock Helles.
Ano passado, conversando com meu amigo Diego Baião, entre muitas canecas de Mass e empadas de camarão, ele sugeriu que eu fizesse uma Helles Bock, pensei bem no assunto e achei que o melhor momento seria no mês de maio e daí ela passaria a ser uma Maibock, parece confuso, mas a Bock clara na Bavária pode ser tanto uma Helles bock, caso ela seja produzida o ano todo, como uma Mai (=Maio) Bock caso ela seja vendida no mês de Maio.

Vale lembrar que no mês de Maio no hemisfério norte esta começando a primavera, não tem-se ainda o calor do verão, mas a temperatura é amena o suficiente para que o Bávaro sente em um Biergarten e deguste sua cerveja preferida. A Maibock tem a força do álcool, mas por ser clara e ter uma lupulagem um pouco mais perceptível que a bock, ela consegue aquecer e ser refrescante ao mesmo tempo.
Aqui no Brasil as estações do ano são o inverso da Alemanha, mas a situação climática é parecida, estamos saindo do verão, temos dias de sol e calor e a noite a temperatura cai um pouco, ideal para uma cerveja um pouco mais alcoólica.
Portanto, vem aí a Maibock produzida pela Bamberg, a partir do dia 1 de maio, anualmente, uma cerveja sazonal, venderemos ela em chope, que deve ser encomendado com antecedência e em garrafas de 600mL.
No próximo post irei falar sobre o rótulo dela e principalmente, apresentar o nome desta cerveja que virá cheio de significados e histórias.

6 comentários:

Daniel disse...

Rapaz, eu não sabia destas "histórias de bock", muito bom.
Abraço Alexandre.

Daniel Conde Perez disse...

Alexandre,

Que ideia fabulástica!

Espero conseguir algumas garrafinhas.

abs

Alexandre Bazzo disse...

Daniel,

O legal de alguns estilos de cerveja é que eles trazem muitas histórias consigo, esses são os mais legais de fazer.

Abraço.

Alexandre Bazzo disse...

Daniel Conde,

Com certeza ela estará disponivel em todos os locais que vendem Bamberg.

Obrigado, Abraço

Fernando MDB disse...

Começo a entender porque você diz que para fazer uma cerveja, estuda a história dela. Claro, sabendo exatamente onde quer chegar -e aí sim é legal saber estilos- dá pra fazer uma cerveja boa, adaptada ao ambiente nosso, que traz conhecimento de outras culturas e por aí vai. Parabéns novamente!

Alexandre Bazzo disse...

Fernando MDB

Fazer a receita é a parte mais fácil, o difícil é colocar história dentro do copo, pra mim alguns estilos de cerveja são mais que bebida alcoolica, tras cultura, história, alma e isso temos que colocar no produto final.

Abraço