segunda-feira, 28 de junho de 2010

Bamberg Bock 2010.

A história da Bock eu contei o ano passado e para quem não leu vale a pena ver a fantástica trajetória deste estilo de cerveja alemão, clique no "Bock a cerveja de Einbeck".
A Bamberg Bock 2010 vem com uma nova receita, ela virou DoppelBock, resolvi mudá-la de última hora, por isso que é legal fazer a sua própria cerveja, mudei, não avisei ninguém e depois que deu certo comecei a contar para todo mundo, acho que esta é a melhor de todas as Bocks que já fiz, espero que vocês pensem o mesmo.
Porém, não assuste se você ver no rótulo a palavra Bock, pois é assim que esta, e aí é outra de nossas mudanças, o rótulo segue a nova linha feita pelo André Clemente.
As garrafas long neck começam a serem vendidas aqui na Bamberg ou nos nossos parceiros apartir de quinta-feira dia 1 de julho, vale lembrar que esta é uma cerveja sazonal e foi feito apenas um tanquinho.
Após 3 meses de fermentação e maturação a cerveja esta pronta e abaixo passo a minha avaliação sobre ela.



Esta foto é do Ivan, por isso que ta boa.


Aroma: Presença marcante do malte na forma de biscoito, caramelo, pão, açúcar queimado, toffee, além um leve aroma de ameixa, o lúpulo é imperceptível;
Aparência: Marrom escuro com tons avermelhado, espuma consistênte;
Flavor: Ao bebe-la percebe-se a mesma força do malte que notamos no aroma, sobressaindo o açúcar queimado, toffee e frutas secas, porém no final notamos o lúpulo que equilibra com a doçura do malte, o álcool não aparece de forma marcante perigosamente;
Sensação na boca: Corpo mádio-alto, carbonatação média, bastante suave, aquecendo um pouco devido o álcool;
Impressão geral: Como uma bock deve ser o malte é o que confere maior complexidade a cerveja, sendo que o lúpulo apenas entra no contexto para equilibrar um pouco a doçúra do malte e os 8,0% de álcool passa despercebido, por isso cuidado.

OBS.: Cerveja do estilo Bock é sempre de baixa fermentação e o mais importante tem que ser puro malte, não vale usar açúcar, como toda cerveja que pertença a um estilo Alemão. Assim é feita a Bamberg Bock seguindo a Lei de Pureza da Bavária.

4 comentários:

Renato T disse...

Tive a honra de provar essa DoppelBock antes de ser engarrafada e posso garantir que realmente é um excelente exemplar do estilo, não deixa absolutamente nada a dever a nenhuma outra.

Cerveja perfeita não só para o inverno, uma pena que ela ainda não estava engarrafada na ocasião da minha visita.

Parabéns pela receita Alexandre!

Alexandre Bamberg disse...

Renato

Obrigado pelos elogios e pela sua visita.

Abraço

Alvaro disse...

Alexandre, boa noite.
Parabéns pela nova receita, assim que possivel, irei procurá-la pra apreciar.
Já estive na fabrica aí em Votorantim, porém meio apressado, só pra comprar uma caixa de pilsen ( a melhor do Brasil! hehehe)
Gostaria de visitar com calma a cervejaria, cohecer as etapas da fabricação e tudo mais, é possível? Precisa de hora marcada?
Obrigado!

Alexandre Bamberg disse...

Oi Alvaro

Será um prazer em recebe-lo, envie um email pelo contato@cervejariabamberg.com.br
daí eu te passo os dias e o esquema da visita.

Abraço