quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Visita a Brauerei Wagner - Merkendorf

A cervejaria Wagner esta localizada na vila de Merkendorf, a 10 km de Bamberg. A vila possui três mil habitantes e para suprir a sede deles duas cervejarias.

A cervejaria Wagner vende suas cervejas num raio de 30, estão totalmente envolvidos com a comunidade, se preocupam com o bem-estar de todos e promovem eventos na vila.

Tive a honra de acompanhar um dia do cozimento da weizenbier, é muito interessante ver como a cervejaria trabalha com tradição e modernidade.

O que eles tem em tecnologia:
- Uma sala de brassagem totalmente automatizada,
- Tratamento de água com trocador iônico,
- Aparelho que diminui a pressão e por isso o mosto não precisa ferver, evaporando a baixas temperaturas,
- Moinho de seis rolos.

Por outro lado o que é tradição:
- O método de cozimento é a dupla decocção, muito tradicional e antigo,
- Fermentação aberta em todos os estilos de cerveja,
- Na weizen refermentação na garrafa,
- Trabalham com barris de madeira,
- O prédio muito antigo, nada foi mudado.

Fermentação aberta
Onde a cervejaria precisa de tecnologia eles tem, mas onde a tradição é fundamental tudo foi mantido como no inicio, com isto eles fazem uma weizen fantástica, um estilo que cada vez mais todas as cervejas estão ficando muito próximas, mas a deles tem personalidade, aroma, sabor, corpo e resfrescância, características de uma boa weizen.

Experimentando estas weizen de pequenas cervejarias do interior da Francônia é que nos damos conta do quanto este estilo de cerveja pode ser rico e complexo, cada cervejaria tem a sua personalidade, buscam a diferença, só mesmo os pequenos produtores que podem ter o privilégio de fazer o diferente.


Foi um dia muito legal, aprendi muito sobre cerveja e cultura cervejeira e o pessoal da cervejaria nos recebeu com uma simpatia fantástica, prepararam um típico almoço da Francônia para nós, com muita cerveja para ajudar a digestão.

6 comentários:

Botto disse...

Putz, Alexandre, que show eata fabricazinha. Dá muito gosto ver estes focos de resistência, principalmente ajudando a reiterar que tecnologia não é o essencial para boas cervejas, mas sim o carinho de quem as faz.
Abração,
Botto

Alexandre Bamberg disse...

Botto

Cada vez mais eu fico convencido de que os principais ingredientes pra fazer cerveja são carinho, dedicação e busca das raízes.

Abraço

David disse...

Sensacional esse post. Tomei a liberdade de colocar um link para ele no nosso
http://www.lamasbier.com.br/2009/09/sierra-nevada-video-acelerado.html

Tem um video acelerado da Sierra Nevada com tanques abertos....FENOMENAL.

Abraços
David
www.lamasbier.com.br

Alexandre Bamberg disse...

David

Muito obrigado pela contribuição.

Abraço

Lapolli disse...

Excelente postagem.

Abraço

Alexandre Bamberg disse...

Lapolli

Obrigado pelo comentário.

Abraço