quinta-feira, 26 de agosto de 2010

A vez da cerveja Helles.


Bamberg Helles.

Já contei a história, mostrei o rótulo, mas agora vamos falar de como ficou a Helles.

O objetivo inicial dela foi mostrar o que temos de bom na Bavária, maltes de excelente qualidade e lúpulos de Hallertauer. Nesta cerveja utilizei 3 tipos de maltes, um deles da Agrária e dois da Weyermann, e 2 tipos de lúpulos, ambos de Hallertauer.

Mas a grande estrela que nos proporcionou um resultado surpreendente foi o fermento, uma cepa especial vinda da Bavária.

Eu resumiria esta cerveja em complexidade e sutileza, eu gosto de beber Helles em canecas de 1 litro e esta me permitirá fazer isto.

O chope virá sem filtrar neste primeiro momento, depois de filtrada, a cerveja em garrafa ganhará mais em malte e o lúpulo diminuirá um pouco, devido ao malte.

Bom, espero que vocês gostem, pois é um dos meus estilos preferidos e fazem 2 anos que trabalho mentalmente nesta receita.

O que temos no copo:

Aroma: A presença do lúpulo de Hallertauer é nítido no aroma, mas também vem forte com o caramelo e pão, provenientes do malte.

Aparência: Amarelo escuro, com boa formação de espuma.

Sabor: O que percebemos de forma mais forte é a presença do malte, na forma de pão, cereal, caramelo, mas o lúpulo vem no final terminando um pouco seco, com o intuito de equilibrar com a doçura do malte.

Sensação na boca: Corpo médio, carbonatação média.

Impressão geral: A marca registrada do estilo Helles é presença marcante de malte, mas também o lúpulo aparece sempre de forma a equilibrar o conjunto, devido o longo tempo de maturação a cerveja ganha uma suavidade e textura na boca, mostrando que delicadeza e suavidade não é sinal de falta de complexidade, pelo contrário.

11 comentários:

Daniel disse...

Essa terei que experimentar .. deu água na boca !!! :)

Alexandre disse...

Boa Alexandre! Tava demorando pra Bamberg oferecer uma Helles, mas tenho certeza que a espera valeu! Minha MaßKrug vai sair do armário... Prosit!

Alexandre Bamberg disse...

Daniel

Obrigado pelo comentário.

Alexandre

Viva a Mass.

Prosit.

Christiano Galvani disse...

Parabéns por mais essa "Obra Prima" Alexandre. Já sei que será mais uma grande cerveja da Bamberg.
Agora só falta lançar o Mass de 1L com o logo da Bamberg.

Obs.: Não esquece de mandar essa cerveja, via Balkonn, aqui pro Rio. :)

Abs.

Paulo Almeida disse...

Que maravilha! No primeiro dia servindo a versão chope não filtrado, o Helles foi uma unanimidade. Não ´pe para menos, está uma delícia! Como é bom ver uma cervejaria crescer com tanta qualidade. Parabéns Bamberg!!! Mais um grande lançamento!

Alexandre Bamberg disse...

Christiano

Com certeza ela chegará no Rio, abraço.

Alexandre Bamberg disse...

Paulo

Obrigado pelos elogios, não tenho dúvida que voces fazem parte da história da Bamberg.

Abraço

Tiago Reis (aka. dr.diamba) disse...

posso estar enganado, mas acho q tive o privilégio d retirar o primeiro barril HELLES NATURAL d 10L da fábrica... QUE MARAVILHAAAA!!!
qdo chegar a caneca, prometo levar um MALZBROT às 9h pra comemorar!!!
mais uma vez, PARABÉNS!!!
e SUCESSO! SEMPRE!!!

Alexandre Bamberg disse...

Tiago

Exato, o seu foi o primeiro barril de Helles envasado do tanque.

Obrigado.

Blog Del Güerdo disse...

PARABÉNS A FAMILIA BAMBERG!
DEGUSTEI NO BIERMARKT POA E ESTÁ PERFEITA! A SUTILEZA DO EQUILIBRIO ENTRE EXTRATO APARENTE, LUPULOS DE AMRGOR E AROMA ALIADO A UM PESO EXATO NA BOCA TRAZIDO PELO FERMENTO ALEMÃO FAZ DESSA HELLES UMA EXCELENTE CERVEJA DE LONGO PERCURSO. CABE DIREITINHO NO MEU MASS.
QUE A FONTE NUNCA SEQUE!
SADY
@burgomestresady

Alexandre Bamberg disse...

Grande Sady

Muito obrigado pelos elogios, a Helles nos ta brindando com este excelente retorno que vcs nos dão.

Que a fonte nunca seque!

Abraço